Curiosidades sobre cactos que você nem imaginava

Confira algumas Curiosidades sobre cactos que talvez você nem imaginava que existia, e você irá se surpreender com elas

Curiosidades sobre cactos que você nem imaginava

Para cuidar bem dos cactos ou mini cactus, você precisa seguir estas etapas:

Coloque em uma panela bem escorrida.
Escolha um substrato que não contenha muita água.
adubação basal com mais fósforo e potássio
Certifique-se de que seus cactos estejam em um local quente com muita iluminação direta
Regue os cactos apenas quando o substrato estiver seco, em média a cada 15 dias ou uma vez por mês
Replante se necessário para substituir os vasos
Evite pragas e doenças com os cuidados necessários
São plantas muito resistentes, mas não gostam de frio, então se você mora no sul do Brasil, provavelmente não é uma boa ideia cultivá-las.

Os cactos ganharam uma legião de fãs por seu cuidado fácil e belas plantas. Com sua onipresença e fácil adaptação em diferentes ambientes, vemos novas espécies de diferentes tamanhos e formas todos os dias.

Cactos Coloridos: Mudas, Espécies e um pouco de História

Segundo a lenda, o primeiro cacto colorido apareceu por acaso em uma estufa japonesa. Elas são vermelhas e pensadas como mutantes do cacto tradicional.

O mesmo fenômeno que acontece com as rosas do deserto. Desde então, os cientistas replicaram a mutação para a satisfação de muitos e estudaram outras cores e os cuidados que a planta merece.

Então a ideia de cactos coloridos artificiais literalmente se desfez. Embora retocadas, não são coloridas.

Espécies conhecidas por seu exotismo de cactus coloridos são:

Gymnocalycium mihanovichii
Chamaecereus silvestrii
Echinopsis chamaecereus

Leia também: Orquídea com folhas murchando, depois disso, você vai acabar com esse problema


Onde plantar os cactus ?

Cactos e cactos em miniatura são muito resistentes, então você pode cultivá-los em quase qualquer lugar.

Mas tenha em mente que eles vão crescer com espaço para as raízes.

Portanto, os cactos em vasos pequenos não crescerão muito, enquanto os cactos em vasos grandes podem crescer até vários metros, dependendo da espécie.

Podem ser plantadas nos seguintes locais:

Vasos de plástico, barro, vidro
copos, copos
Terra
Além disso, evite plantá-los perto de rios ou deixá-los em banheiros, onde a umidade pode ser muito alta.

Lembre-se que o vaso ou local escolhido deve ter boa drenagem, assim como um bom solo.

Cacto-do-peru – Cereus repandus curiosidades sobre essa espécie

O cacto do Peru é uma planta de textura semi-herbácea, ereta e colunar é viva e única e pode atingir até 10m. Pode ser cultivada sozinha ou em grupos em rochedos e jardins modernos.

Sua beleza também pode ser realçada quando plantada em vasos para decorar interiores ensolarados, pátios e varandas.

Por ser uma planta pontiaguda, não deve ser utilizada em jardins e outros ambientes frequentados por crianças e gado.

Curiosidade: A produção de cactos de peru é de grande importância econômica nos países da América do Sul e Israel.

Como os cactos sobrevivem em ambientes secos?

Os cactos são plantas que pertencem à família dos Cactaceae, que possui cerca de 1400 espécies diferentes. Embora sejam encontrados principalmente nas Américas, é possível encontrar representantes também na África, Austrália e Índia.

A principal característica dos cactos é a presença de caules suculentos e espinhosos. Algumas espécies possuem folhas muito reduzidas, enquanto outras não possuem nenhuma dessas estruturas. Portanto, a fotossíntese ocorre principalmente no caule, onde pode ser observada a presença de estômatos.

Os cactos são encontrados principalmente em ambientes secos, como o bioma Caatinga no nordeste do Brasil. Para sobreviver nessas áreas, os cactos têm uma variedade de adaptações que lhes permitem armazenar e reter água.

Como mencionado anteriormente, os cactos têm folhagem reduzida, o que é uma característica da perda de água transpiracional reduzida. Essa propriedade pode afetar diretamente a fotossíntese nas plantas, porém, os caules dos cactos são capazes desse processo.

Para reduzir a perda de água, os caules do cacto têm uma cutícula que reduz a evaporação. Além disso, o caule funciona como uma reserva por ser rico em água.

Manual Completo de Como Cuidar de Orquideas