Orquídea bambu – como cuidar da Arundina graminifolia e fazê-la florir em casa

Também conhecida como orquídea bambu a Arundina graminifolia é uma espécie linda e que pode ser cultiva em casa perfeitamente, confira algumas informações

A orquídea bambu é uma planta espetacular que, além de sua beleza, pode suportar a luz solar intensa. É assim chamado por causa de suas folhas longas e finas que lembram o popular bambu. Suas flores são perfumadas e coloridas, atraindo muitos insetos polinizadores.

As orquídeas de bambu são uma ótima opção para quem deseja cultivar orquídeas em casa. Isso ocorre porque as plantas são muito adaptáveis ​​no jardim ou em vasos.

Esta espécie se adapta bem à luz solar forte, desde que seja mantida úmida – em dias quentes de verão ou em áreas com muito vento, você pode regar todos os dias ou reduzir a rega em dias alternados se o tempo estiver frio.

Uma orquídea terrestre muito rústica, também conhecida como arundina, que é perfeita para estilos de jardins tropicais e modernos.

Leia também: Plantas artificiais para sala – dicas para decorar esse ambiente da casa

Tem um talo de junco que forma grandes pedaços e cresce até 2 m de altura. As folhas são finas, estreitas, longas, lanceoladas, com 9-19 cm de comprimento e 0,8-1,5 cm de largura.

As flores se formam no verão e são lavanda rosada com lábios roxos. As orquídeas de bambu podem ser usadas como bordaduras, fileiras ou isoladas no jardim, ou em vasos e vasos, sozinhas ou em combinação com outras plantas.

Esta espécie pode crescer à sombra parcial ou a pleno sol em solo rico em matéria orgânica. Quando plantada em vasos, a mistura recomendada é 1 parte de solo de jardim regular, 1 parte de solo superficial e 2 partes de composto orgânico.


Gosta de ser regada regularmente sem encharcar o substrato, e deve ser regada sempre que o substrato estiver seco na superfície.

Floresce mais fortemente nas regiões tropicais e equatoriais. Intolerante à geada. Aumenta-se dividindo touceiras ou cortes de ponteiros obtidos dos ramos laterais do caule.

Manual Completo de Como Cuidar de Orquideas