Plantas artificiais para sala – dicas para decorar esse ambiente da casa

As plantas artificiais para decorar o ambiente da sala são ótimas aliadas para quem busca deixar sua casa mais verde com o máximo de praticidade

Plantas artificiais para sala decoração

O problema é que muita gente acha que essa decoração vai deixar a sala de estar ou qualquer outra sala com cara de fake, ou cheio de excessos.

Para provar o contrário, reunimos algumas dicas para usar plantas artificiais da maneira certa neste artigo. Acompanhe e aprenda a criar lindos arranjos!

Quando você tem uma planta de verdade, é preciso regá-la todos os dias, mudar o ambiente para obter a quantidade ideal de luz solar, trocar o vaso e adubá-la para mantê-la bonita, podá-la o tempo todo e muito mais.

Por esses motivos, as plantas artificiais são muito usadas, têm uma estética semelhante às plantas reais, mas com muito menos trabalho, vamos a algumas dicas de uso.

Encontre boas réplicas de Plantas artificiais

O mercado oferece uma grande variedade de plantas falsas para garantir que os consumidores encontrem réplicas idênticas das espécies reais. Quando for à loja, procure sempre comparar os detalhes do modelo falso com as características das flores e folhagens desejadas.

Quanto maior a semelhança de tamanho, cor e textura, maior a chance de manter a decoração de suas plantas com aparência natural. Preste atenção também no acabamento das pétalas, caules e folhas – sem rugosidades, sem pedaços soltos, cortes irregulares ou marcas de cola.

Material para avaliar plantas artificiais para decorar a sala

O material usado para criar a planta artificial é o determinante da qualidade da colocação. Os mais comuns são tecido, plástico, EVA e silicone. Este último é vantajoso, pois garante uma aparência realista e também é fácil de limpar.

As flores de veludo devem ser manuseadas com cuidado, pois podem desbotar rapidamente e tornar a decoração sem graça. Ao comprar plantas com caules, prefira modelos de arame para que você possa dobrá-las e personalizá-las em diferentes formas.


Leia também: Devo regar minha orquídea com gelo ou água gelada? É um conceito válido?

Considere a decoração do espaço

Existem muitos tipos de plantas artificiais que enfeitam o ambiente, e é preciso ter cuidado na hora de combinar os modelos.

Por isso, procure sempre adaptar sua réplica escolhida ao estilo do cômodo para garantir um visual equilibrado.

Escolhendo a planta artificial ideal para a sua sala de estar, você precisa levar em consideração o espaço que você tem para ela e sua altura do chão ao teto, pois se você comprar plantas muito altas, ficará uma coisa desarticulada e curvada. Pode atrapalhar porque a altura do teto é muito baixa ou você não tem espaço suficiente.

O conselho para quem tem cômodos grandes é que as plantas artificiais devem ser grandes com folhas finas, como coqueiros, bananeiras, etc. Mantenha tudo consistente para que nada tenha a ver com o tipo de decoração que está tendendo a mudar o visual da sua sala.

Decoração com Plantas artificiais para sala

A sala de estar ou jantar é geralmente uma área espaçosa, portanto, diferentes arranjos são permitidos. Uma ótima maneira de decorar esse tipo de cômodo é colocar grandes plantas artificiais em vasos no chão. Eles ficam divertidas ao lado de um sofá, em um canto ou perto de um hall de entrada.

A decoração com folhagens menores também é ideal para enquadrar esse espaço. O ideal é colocá-los em ganchos de parede ou estruturas suspensas, que podem ser feitas de madeira, ferro ou plástico.

Os tradicionais vasos cheios de flores continuam em alta e agregam valor a qualquer mesa de jantar (mesa de centro ou de jantar).

Manual Completo de Como Cuidar de Orquideas