Orquídea Vanda, dicas, que você não sabia, para aniquilar raízes secas

Aprenda os segredos para cuidar da Orquídea Vanda, uma das espécies mais bonitas, e tenha mais chances de evitar as raízes secas

Orquídea Vanda como cuidar raizes secas

Como cuidar corretamente da orquídeas Vanda

Toda planta requer quatro cuidados básicos: rega, luz, adubação e poda/transplante. Mas para orquídeas, esses cuidados variam de acordo com a cultivar. Portanto, preste atenção aos cuidados especiais das orquídeas Vanda:

Como regar a Orquídea Vanda

Como uma orquídea de raiz pendurada, Bandai requer umidade constante. Portanto, certifique-se de regar as raízes até que fiquem verdes escuras, o que indica que as raízes absorveram a água necessária. É melhor regar de manhã e duas vezes em dias muito quentes (acima de 30º). No inverno, quando a temperatura é inferior a 12º, recomenda-se a rega alternada.

As raízes suspensas de Vanda são uma ótima maneira de avaliar a saúde das plantas. Então olhe. Se as raízes são curtas, a orquídea está recebendo a quantidade certa de umidade.

Porém, se notar que as raízes estão ficando muito compridas, a Vanda precisa receber mais água, isso é para a planta absorver mais água.

Além do crescimento exagerado das raízes, a falta de água pode fazer com que as folhas comecem a cair.

Leia também: Como plantar orquídea em vaso de plástico, sem mistério e podendo florir muito ao ano

Iluminação e Temperatura para Orquídea Vanda

Como outras variedades de orquídeas, as orquídeas Vanda gostam de clima quente, úmido e sombrio. Portanto, idealmente, Vanda deve ser colocada perto de uma janela ou em uma varanda, longe da luz solar direta, do vento e do frio.

Preste atenção aos sinais de aparência da planta, ou seja, folhas amareladas de Bandai e raízes secas e visivelmente desidratadas que indicam muita luz e luz solar, enquanto folhas muito escuras e nenhuma ou muito pouca floração indicam luz insuficiente.


Fertilizar a Orquídea Vanda

Por ser uma orquídea de raiz pendurada, a Bandai precisa adubar com frequência. Quando a temperatura estiver acima de 18 graus, adubar a cada 7 dias, geralmente no início do outono e primavera e verão. No inverno, a fertilização pode ser feita a cada duas semanas.

Um adubo ideal para orquídeas Vanda é o NPK 15 30 20 ou NPK 20 20 20, mas lembre-se de sempre manter uma quantidade maior de Fósforo (P) na fórmula para favorecer a floração.

Use um pulverizador para aplicar fertilizante na Bandai, evitando flores e botões. Também é importante que a fertilização ocorra durante um dia em que o sol esteja mais ameno, como no início da manhã ou no início da noite.

Com os devidos cuidados, a Vanda pode florescer até quatro vezes por ano, com flores que duram entre 30 e 60 dias.

Como criar ou dividir uma orquídea Vanda

As mudas de orquídeas Vanda são obtidas de forma um pouco diferente, pois esta espécie não possui uma planta mãe. As “mudas” de orquídea Vanda crescem na base da orquídea e, para dividir, a parte que precisa ser transplantada já tem pelo menos 20 cm de altura e três raízes.

Manual Completo de Como Cuidar de Orquideas