Tudo Sobre Orquideas

Torta de Mamona para Orquídeas: Aprenda como fazer trouxinhas

Aprenda como fazer uma trouxinha com gaze e torta de Mamona para adubar suas Orquídeas e deixá-las ainda mais bonitas e floridas

Os resultados com esse tipo de adubação são muito bons! A sua Orquídea agradecerá e com certeza acelerará a floração de seu planta.

Para que serve torta de mamona nas orquídeas e plantas?

Ela pode ser usada como adubo orgânico, pois possui elevados teores de nitrogênio, fósforo, cálcio e micronutrientes. Além de suprir as necessidades nutricionais das plantas, diminui a acidez do solo e contribui com o desenvolvimento agrícola sustentável do país.

Como fazer adubo líquido de torta de mamona para plantas

Ingredientes:
Torta de mamona (tóxica para cães e gatos, então não use se tiver animais em casa)
Cascas de ovos (cerca de 6 ovos já são o bastante)
Talco comum
Canela em pó
Pó de rocha (compre em lojas especializadas)
Farinha de osso (também não recomendável para quem tem animais em casa)
Peneira fina

Como fazer:

É bastante simples fazer substrato líquido para as plantas com a torta de mamona. Basta acrescentar 450ml de água no liquidificador junto do pó de casca de ovo.

Depois disso, coloque talco, canela em pó a torta de mamona e farinha de osso. Agora vamos bater tudo para unificar.

Depois que estiver tudo bem batido, use uma peneira fininha para coar.

Teste em suas plantas e depois nos conte o resultado. Aprenda no vídeo abaixo as dicas para usar torta de mamona como substrato de suas orquídeas.

O adubo sólido poderá ser colocado no jardim para plantas resistentes, já que será muito concentrado.

Com parte líquida do substrato você precisará diluir da seguinte maneira: 10 vezes mais água para cada parte. Se você para cada 1 xícara do substrato líquido coado, junte 10 xícaras de água.

Com esse líquido, você pode usar um borrifador para usar em seu vaso da orquídea, use bastante na parte de trás das folhas e o substrato!

Esse adubo pode ser aplicado semanalmente.

Como usar torta de mamona nas orquídeas

Fonte do Vídeo: Rose Amaral

Alguns Cuidados extras para suas orquídeas

A terra adubada oferece mais nutrientes à planta e elas adoram!

Mas cuidado, quando se trata de orquídeas o excesso de adubo é ainda pior do que não adubá-las.

Você pode usar adubos líquidos, misturados à água em borrifador. Algumas gotas são o suficiente.

Se você passar a colecionar e sua coleção tomar um porte médio, comece a colocar plaquinhas identificando suas plantas.

Orquídeas, normalmente, têm nomes em latim que não são simples de memorizar.

Anote também a data da última floração de cada uma, para poder acompanhar o desenvolvimento delas.

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas

Passando orquídea para o vasinho

Quando são entregues como presentes, dificilmente a orquídea virá no vaso ideal para se desenvolver por mais tempo.

O melhor é usar vasos de barro. Eles são um pouco mais caros e pesados, porém a porosidade do barro ajuda a reter o excesso de água e mantém a temperatura na terra mais fresca.

Jamais use os pratinhos de água embaixo do vaso, as raízes podem apodrecer.

Vasos bonitos deixam o ambiente mais aconchegante e com os cuidados certos sua orquídea vai ter vida longa e florida.

Na hora da troca para o vasinho novo, repare onde nascem os novos brotos da orquídea, esse será o lado da frente.

O outro lado deve ser encostado no vaso para que ela se firme e se desenvolva melhor.

Créditos: floreseflores.com.br

Sair da versão mobile