Você sabe como Fazer Mudas de Orquídea Em Sua Própria Casa?

Como Fazer Mudas de Orquídea Em Sua Própria Casa.

Nesse vídeo mostro como fazer um meio de cultura em sua própria casa e como germinar algumas sementes de orquídea com poucos investimentos.



É um método bem simples, mas eu já germinei sementes de orquídea por diversas vezes usando esse método, por esse motivo que resolvi publica-lo, para que pessoas como eu possa ter essa grata satisfação.

É um método que requer muita assepsia pra evitar com que o meio de cultura não se contamine, porém, um único pote de sementes quando germinado adequadamente é o suficiente para gerar algumas centenas de novas mudas.

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas

Veja também a Matéria: Preparando seu Substrato para Orquídeas Passo a Passo.

Mudas de Orquídea
Créditos: Mauro Silva

Confira algumas dicas para cuidar de orquídeas

Para quem já tem ou deseja ter orquídeas em casa, Fabbri dá algumas dicas de cuidados para deixá-las saudáveis e com flores por mais tempo:

  • Mantê-las em local ventilado e bem iluminado;
  • Regar uma vez por semana, mergulhando o vaso em um balde com água e deixar escorrer todo excesso;
  • Uma vez por mês, colocar na terra uma colher de café de adubo orgânico (mistura de 50% de torta de mamona e 50% de farinha de osso).
  • Replantá-las anualmente, substituindo o vaso por um tamanho maior e incorporando substrato próprio para orquídeas que são vendidos nos comércios especializados;
  • Os vasos devem onde serão cultivadas devem ter de 15cm a 20cm de diâmetro de boca.

Informações sobre reprodução de Orquídeas

Processo simbiótico

Após a fecundação de uma flor por uma abelha, borboleta ou outro agente polinizador, o ovário se intumesce, formando uma cápsula com sementes.

Após um ano, ela amadurece, abre-se e solta as pequenas sementes que são levadas pelo vento.

Apenas germinam aquelas cujo embrião é atacado por um fungo chamado micorriza.

Somente uma porcentagem mínima de sementes vingarão e se tornarão adultas, ou seja, as que, casualmente, encontrarem condições ideais de fixação, luz e umidade.

Da fecundação até a floração, são necessários sete anos.

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas

Processo assimbiótico



No processo assimbiótico, as sementes são germinadas dentro de laboratórios.

Descoberto em 1922, pelo professor americano Lewis Knudson, o mesmo efeito do fungo micorriza foi produzido em laboratório.

Esse tipo de reprodução começa dentro de frascos até ser repassado para os vasos. Também nesse processo, as plantas levam até 7 anos para florescerem.

Outro processo de reprodução de orquídeas é o da cultura meristemática, descoberto pelo cientista francês Georges Morel.

Ele possibilita a obtenção de centenas de novas mudas, em apenas um ano, a partir de uma simples gema de um broto, ainda de uma ponta de raiz ou de uma haste floral.

Esse método, além da rápido, tem como vantagem o fato de que as plantas serão idênticas à planta-mãe.

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas



2 comentários

  1. hernan alvarez cordova

    muy bonito, muy interesante. Gracias

  2. ester

    gostei da receita vou tentar fazer

Comentários estão fechados.