Ela usou Arroz com água nas Orquídeas e Olha no que deu…

Vamos aprender hoje como fazer um benefício ótimo para sua orquídea utilizando o arroz

Essa técnica é muito importante para ajudar a sua orquídea, confira no vídeo.



Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas

Algumas dicas para cultivar melhor as suas orquídeas

O oitavo segredo

Você já pode conhecer a oitava, voltada aos produtores comerciais. Saber o que é predominante em cada flor tornará possível participar do jogo da orquidofilia.

Ser orquidófilo não significa cuidar de inúmeras plantas, mas experimentá-las, fazendo novas combinações genéticas em busca da beleza e do diferente. 

Uma bela orquídea, de acordo, deve formar
um círculo perfeito entre os dois conjuntos de pétalas que desenham triângulos simétricos. As pétalas devem estar voltadas para frente. A cor precisa vibrar. Tudo isso faz a pose de uma campeã.

Leia também: Aprenda como salvar qualquer orquídea com esse técnica de UTI.

Como usar o arroz nas orquídeas

Créditos do vídeo: Isaac horta em apartamento

Você sabia que é possível combinar várias orquídeas em laboratório? As criações novas germinam em vidros, que funcionam como incubadoras onde as plantinhas permanecem por um ano e meio.

Depois disso, ela são transplantadas para um vaso, em que crescerão em conjunto até terem tamanho para crescer individualmente.

Deixe a flor com luminosidade indireta e ventilação

Orquídeas precisam de luz indireta, uma boa iluminação sem a forte incidência do sol. O ambiente externo é um dos pontos que merecem mais atenção, com circulação de ar, mas ausência de vento.

Mantenha a planta úmida, não encharcada

O ideal para orquídeas terrestres, as mais comuns para se ter em casa, é que ela seja irrigada uma vez por semana, em média. Ao colocar a mão na terra, é preciso identificar se há umidade constante.

A terra encharcada, molhada, desfavorece o crescimento e a saúde da planta. É indicado que não haja pratos abaixo do vaso, já que eles acumulam a água que sobra e isso facilita a contaminação da planta e pode induzir a doenças.

Replantio tem hora certa

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas



De modo geral, as pessoas compram as flores e já pretendem replantá-las. É preciso esperar o momento certo, que é quando as raízes estão aumentando e a planta necessita de mais espaço.

Fique atento, então, ao tamanho da orquídea no momento da compra em diante.

Misture substratos

Cada planta se adapta melhor a um tipo de substrato e cada substrato tem uma relação direta com a irrigação.

Musgos, por exemplo, absorvem mais água, portanto não carecem de irrigação constante.

Já a fibra de coco, muito comum para nutrir orquídeas, é mais seca, então precisa de mais água. O ideal é misturar os substratos como musgos, pintos e fibra de coco para criar o balanço perfeito.

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas