Como construir um Orquidário Caseiro

Manual Completo de Como Cuidar de Orquideas

Entre as espécies de flores mais conhecidas do mundo você vai encontrar orquídea. Essas plantas são delicadas, bonitas e bem fáceis de serem cultivadas. Pelo seu valor ornamental e comercial, muitas pessoas resolvem montar o seu próprio orquidário, o que é bem eficiente para qualquer cultivo.

Para cultivar e manter orquídeas bonitas e saudáveis é preciso dedicar-lhes alguns cuidados especiais. O local que escolhe para colocá-las é um dos principais fatores que pode fazer toda a diferença no desenvolvimento das mesmas.

Caso você não tenha um amplo espaço externo, as orquídeas podem ser cultivadas dentro dos ambientes e inclusive em apartamento, basta dispô-las em várias prateleiras ou até mesmo dependurá-las nas paredes ou teto próximo das janelas para que fiquem bem iluminadas, entretanto, se houver sol direto é melhor colocar uma espécie de tela fora da janela para os raios de sol sejam filtrados.

Agora, se tiver um espaço grande, construir um orquidário é sem dúvida uma das melhores opções. O empreendimento pode até custar um pouco mais, porém é simples ter um eficiente orquidário a baixo custo. Importante é ficar atento a determinados pontos.

Apesar de, à primeira vista, poder parecer uma tarefa complexa, a verdade é que com algumas indicações todo o processo se pode tornar bastante simples.

Quando for colocar suas orquídeas opte por um lugar que tenha o sol da manhã, para que a iluminação seja a mais adequada para a planta. O tamanho certo do orquidário vai ser de acordo com a quantidade de orquídeas que você possui. Por exemplo, num ambiente de 20 metros quadrados é possível que se monte um orquidário com capacidade para aproximadamente 200 plantas.

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas

Para compor a estrutura do orquidário, uma solução muito boa solução é utilizar ripados de bambu ou madeira, cobertos por sombrites ou telhas, que conseguem fazer a filtragem dos nocivos raios solares. É fundamental que o local seja bem protegido e ventilado livre de animais e insetos. Em lugares com bastante vento, use um sombrite ou uma lona transparente inclusive na parte lateral.

Loading...


Outra coisa que não pode ser esquecida é que as orquídeas não são iguais, por isso precisam de adequações diferentes. As plantas maiores e que precisam de mais aeração próximo das raízes devem ficar dependuradas.

Além disso, uma bancada é um excelente local para deixar as mudas plantadas recentemente ou aquelas que estão em fase de crescimento. Já embaixo o melhor é colocar as orquídeas que preferem a sombra.

As dicas são informativas e úteis para pessoas que desejam montar seus orquidários dos menores até aqueles mais extensos.

orquidario-caseiro-cultivo

construir-um-Orquidario-Caseiro

As Orquídeas
As orquídeas podem ser cultivadas em qualquer ambiente. Apesar de ser uma flor típica de matas e florestas, um orquidário simples pode ser montado e ter diversas orquídeas em casa. Hoje encontramos mais de 30 mil espécies de orquídeas ao redor do mundo, excluindo-se ainda aquelas que não possuem reconhecimento biológico e os híbridos que são comumente criados por orquidófilos. A sua variação de flores, folhas e frutos, assim como as suas cores vai variar muito de espécie para espécie.

As frequentes dúvidas
Principalmente aqueles que estão começando o seu orquidário, algumas dúvidas surgem e que no decorrer desse processo de montagem do ambiente, vão fazer uma diferença muito grande.

Vejamos as dúvidas mais frequentes então.
1 – Prato embaixo do vaso: Em nenhum caso deve ser deixado pratos sob os vasos da orquídea. Esses utensílios são muito comuns para evitar sujeira, mas no caso das orquídeas, os vasos podem acumular água e o excesso de umidade mata a planta com muita rapidez;

2 – Plantando diretamente na terra: Algumas espécies de orquídeas são terrestres, mas a maioria não sobrevive sem um substrato. Para não arriscar, utilize uma mistura com carvão, casca de coco e tronco de árvore. Esses três itens podem ser facilmente encontrados em floriculturas;

3 – Regas: Como foi citado mais acima, a umidade excessiva mata a planta rapidamente. É mais fácil perder a orquídea por excesso do que por falta de água. O ideal é que a planta seja regada 2 ou 3 vezes por semana e se não existir chuvas nesse intervalo.

orquidariocaseiro-cultivo-orquideas

O local ideal
Como as orquídeas são fáceis de serem cultivadas, pode-se plantar as orquídeas em qualquer ambiente, tanto externo como interno. Claro que dependendo do tipo de orquídea que for escolhido, ela vai precisar de mais ou de menos sol para manter-se viva e florescer. Se o local for um apartamento, não fiquem preocupados porque elas podem também ser plantadas em vasos.

Veja também a Matéria: Como Montar Seu Orquidário Passo a Passo. Veja o Passo a Passo -> Fundação, Sustentação, Estabilização, Cobertura, Altura e Chão. COM FOTOS!

Independente do tamanho do seu orquidário, sempre é bom ficar atento para aqueles ambientes que recebam sol pela manhã.

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas

A escolha da espécie
Claro que diante a diversidade de espécies de orquídeas que existe na natureza, você vai ficar com uma dúvida imensa na hora de escolher a que mais deseja ter no orquidário. Se quiser um ambiente sempre com flores brotadas, o ideal é que seja escolhido as espécies que floresçam em diferentes épocas do ano. Assim poderá ser evitado tenha um ambiente sem flor por alguns períodos.

Além das espécies que florescem em diferentes épocas, é bom também atentar-se para os tipos de orquídea ideal para cada região do nosso país. Claro que pode misturar as espécies, mas saber aquela que se adapta melhor ao clima de sua região faz toda a diferença.

As espécies mais comuns do nosso país são:
– Região Sul – Aspásia (Aspasia lunata)
– Região Centro Oeste – Encíclia (Encyclia)
– Região Sudeste – Cimbídium (Cymbidium)
– Região Nordeste – Cirtopódium (Cyrtopodium)
– Região Norte – Cocheleantes (Cochleanthes amazonica)
– Todo o Brasil – Catleia (Cattleya), Chuva de ouro (Oncidium) e Falenópsis (Phalaenopsis)

Agora é só misturar as espécies que acharem mais bonitad e começar o orquidário.

orquideas-orquidario-como-montar

Como-construir-um-Orquidario-Caseiro

Determinando o Tamanho
Se você tem espaço para construir um orquidário grande, claro que vamos indicar que você faça isso, pois ter essas flores em casa é de uma beleza única. Agora se você só tem aqueles poucos metros quadrados disponíveis, não precisa se preocupar, pois seu orquidário ficará bonito e eficiente do mesmo jeito.

Atente-se para detalhes sobre os cuidados com a planta, já que será preciso manter um ambiente sempre limpo e livre de insetos e pragas. Então é necessário manter o orquidário sozinho, ter aquele espaço imenso pode não ser eficiente e assim terminará com um super trabalho em mão e não poderá aproveitar as plantas como elas devem ser aproveitadas.

Um bom tamanho é aquele espaço com aproximadamente 4 por 5 m, pois assim terá um orquidário com capacidade para manter até 200 orquídeas tranquilamente. Se a coleção que quiser ter se aproxima dessa quantidade, então esse é o tamanho ideal.

orquidario-caseiro-cultivar-orquideas

A escolha da cobertura
Claro que você não as orquídeas não vão ficar a céu aberto. Uma dica prática para se montar um orquidário caseiro é usando ripas de madeira, com fechamento nos lados sem ou com porta.

A parte coberta pode ser feita com o uso de madeira, bambu ou telhas, é o mais indicado porque elas filtram melhor os raios do sol e fornece à sua planta exatamente o que ela precisa de luz.

Em locais da região Norte do Brasil o uso de um plástico branco que possua a proteção UV, sem se esquecer do sombrite, irá minimizar a luz solar direta.

Sugerimos para leitura:
Manual Completo de Como Cuidar de Orquídeas

Condições diversificadas às orquídeas
Nem todas as orquídeas são iguais e já foi mencionado sobre isso, então não se deve focar apenas em uma espécie a não ser que só vá cultivar um tipo de orquídea. Para que todas as orquídeas encontrem no orquidário um ambiente ideal para elas, pense nas condições perfeitas para os seus desenvolvimentos. Então veja sempre um material de revestimento do local que não prejudique nenhuma planta, cobertura, substrato, entre outros detalhes.

Dicas
– Em locais onde o vento é muito forte, o que não é bom para a orquídea, use lonas transparentes tanto no teto como nas laterais do orquidário. Isso faz com que o vento seja controlado, mas não impede a entrada do sol;

– Se passar por problemas de plantas doentes, evite deixar as espécies infectadas em locais mais altos para que elas não contaminem as que estão abaixo;

– Quando for comprar mudas, analise sempre a qualidade das plantas para ter a certeza de que elas não possuem nenhum fungo ou doença.

Veja também a Matéria: Como Montar Seu Orquidário Passo a Passo. Veja o Passo a Passo -> Fundação, Sustentação, Estabilização, Cobertura, Altura e Chão. COM FOTOS!

Fonte: plantasonya.com.br

Loading...

7 comentários em “Como construir um Orquidário Caseiro

Deixe uma resposta para Valdirene Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *