Bokashi: Uma das Melhores Técnica de Adubação Orgânica para Orquídeas que Você Precisa Conheçer

Manual Completo de Como Cuidar de Orquideas

O QUE É O BOKASHI?

O BOKASHI é chamado por muitos como Adubo Orgânico, mas isso ocorre somente por causa de como é feito, ou seja, dos ingredientes usados na sua composição, q são basicamente orgânicos. Ele é um tipo de adubo milenar, trazido para o Brasil (como já se vê pelo nome) pelos imigrantes japoneses.

Na verdade, o Bokashi é um BIOFERTILIZANTE e o q é isso?

Fazendo uma comparação, sabe aquele leite fermentado que tem lactobacilos vivos? Eles alimentam a pessoa, mas tb esses lactobacilos fazem com q nossa flora intestinal melhore, ajudando tb na nossa saúde (pelo menos é o que eles prometem q o produto faça! Razz)

Então, é isso q o Bokashi é – um composto “vivo”, pois contém centenas de espécies de fungos, bactérias, actinomicetes, entre outros microorganismos junto aos farelos e outros materiais ali usados que, em conjunto, enriquecem o solo, alimentando e nutrindo as orquídeas.

COMO AGE O BOKASHI?

O Bokashi compõe-se basicamente de farelos agregados a outros componentes orgânicos fermentados ou pré-fermentados. Este material libera nutrientes para as plantas, principalmente, pela degradação realizada por microorganismos benéficos. COMPLICOU? CALMA!!! Eu explico de outro jeito, menos científico e mais simples…

É assim que age o Bokashi: é essa fermentação ou pré-fermentação dos ingredientes juntos e misturados que liberam os nutrientes benéficos para as orquídeas…

Loading...


Sabe aquele mau cheiro. mas ñ é de podridão, é um leve mau cheiro? Não se preocupe, é assim mesmo e as orquídeas adoram! Sabe aquele queijo suíço com cheiro e cara de podre pq contém fungos, mas q quando a pessoa tem coragem de comer, descobre q pode ser “gostoso” (algumas pessoas pelo mesno)? Bem, as meninas vão adorar o “gostinho do Bokashi”, ñ tenha medo!

Digamos q o Bokashi é uma via de mão dupla: o composto necessita dos microorganismos benéficos para a sua função e estes microorganismos deste composto – Este é o Bokashi!

Quando começar a usar o Bokashi?

De acordo com artigo publicado pela Sociedade Orquidófila de Brasília/DF (SOB), o Bokashi só deve ser utilizado após a primeira floraçào da orquídea, daí em diante pode-se usar normalmente.

Quantidade: Uma colher de chá por mês. Colocado longe da planta, na borda do vaso.

Segredinho do Bokashi:

Segundo a Enga. Agrônoma ANDREOLI descreveu em sua apostila publicada na SOB (Sociedade Orquidófila de Brasília/DF), o segredo do bokashi é simples: em vez de colocar espalhado no pote ou no substrato inteiro, coloque-o apenas em um canto do vaso, no próximo mês coloque-o do lado oposto, no outro mês comece a fazer uma cruz e assim por diante (formando vários ângulos, como sse fosse uma pizza fatiada).

Importante: NUNCA SE ESPALHA O BOKASHI!!!

No momento de aplicar, não exagere na dose. “Meia colher de sopa ou uma colher de chá, colocada na borda do vaso, longe da planta, é mais do que suficiente para o seu bom desenvolvimento.” Usar quantidade maior do que a indicada pode deixar as folhas amarelas e, em casos mais graves, culminar na perda do exemplar. Takane ainda ensina que não se deve usar o produto no período de floração (Revista Paisagismo e Jardinagem).

CUIDADOS:

Fungicidas ou Bactericidas NÃO DEVEM SER USADOS em plantas “adubadas” com o Bokashi, pois eles agirão contra os microorganismos ali presentes.

A adubação química usada em conjunto também não é recomendada, pois pode prejudicar o bom funcionamento desse biofertilizante, porque, da mesma forma q os fungicidas, o adubo químico eliminar boa parte dos microorganismos benéficos. Portanto, se vc já usa algum tipo de adubo químico e quer passar para o Bokashi, pare com o químico e aguarde 10 dias, sem aplicar nenhum outro adubo nesse período, somente ÁGUA, H20 pura nas regas, para poder usar o Bokashi.

Sandra e se eu quiser deixar de usar o Bokashi e passar pra um adubo convencional NPK? Shocked Bem, aí como o Bokashi é um adubo de conversão lenta que age através de microorganismos, não tenho a menor idéia do tempo de espera para poder aplicar um adubo químico (NPK) em sua orquídea. Vc vai ter q testar, mas eu aconselharia um período de espera de pelo menos 5 meses. Muito embora eu não tenha experiência nesse sentido (só uso nas minhas orquídeas epífitas adubo químico e nas terrestres orgânico).

VANTAGENS NO USO DO BOKASHI:

Além da vantagem do Bokashi ser um biofertilizante, também existe o fato de sua durabilidade. Explico: No Bokashi são os microorganismos que vão liberar os nutrientes através de seu crescimento no Bokashi, liberando tb boa parte dos nutrientes para a orquídea. Dependendo do composto usado, ou da mistura, sabe-se q há Bokashis que podem agir continuadamente por até quatro meses numa planta.

Outra grande vantagem com o uso do Bokashi é a proteção extra dada pelos microorganismos presentes. Eles são antagônicos a muitos outros microorganismos causadores de doenças nas orquídeas, ou seja, os microorganismos q estão presentes no Bokashi inibem o desenvolvimento de fungos e bactérias. Doenças como a podridão – negra e murcha dos bulbos geralmente não são encontradas em plantas adubadas com Bokashi.

DESVATAGENS NO USO DO BOKASHI:

Uma desvantagem no uso do bokashi é o eventual aparecimento de lesmas. Fique atento aos sintomas, como brotos e folhas comidas.

Outra coisa, talvez o processo seja lento, então tenha paciência e seja perserevante, os frutos e sua paciência serão recompensados com uma Orquídea mais sadia e ótimas floradas! Mas acredite, tenha fé… Ñ adianta usar algo em que vc mesmo não acredita, suas Orquídeas precisam da sua confiança, pra q elas se sintam seguras em absorver o que vc repassa a elas com todo seu cuidado, carinho e amor. Tenha certeza!

COMPOSIÇÃO MAIS USADA DO BOKASHI

Existem vários compostos q são encontrados em diferentes tipos de Bokashi no mercado nacional, mas a composição tradicional ou mais encontrada é a de 50% farelo de arroz; 20% farelo de mamona ou de soja; 15 % casca de arroz; 10% farelo de trigo; 03% farinha de osso; 02% farinha de peixe.

Na verdade, existem 2 tipos de Bokashi, o de fermentação aeróbica (nitrogenado ou fosforado), e o Kenki Bokashi que é o de fermentação anaeróbica. Os dois tipos servem para a mesma coisa, melhorar as condições físicas, biológicas e químicas do solo. Mas isso só interessa pra quem vai produzir o seu próprio BOKASHI, pra quem vai comprar… O que escrevi já está de bom tamanho…
Fonte: aorquidea.com.br

Loading...