2 Segredos de Como Fazer a Dendrobium Florir?

Manual Completo de Como Cuidar de Orquideas

O segredo tanto das mudas, quanto das flores está ligado intimamente a rega e a iluminação.

A regra geral de regar, que aconselhamos para todas as orquídeas, é molhar sempre que o substrato estiver seco ou em caso das plantadas em árvores, molhar diariamente ou dia-sim dia-não para locais de boa umidade relativa do ar.

A época de floração da Dendrobium é entre o fim do inverno e meados da primavera.
Para florir, a Dendrobium precisa ser enganada com dois segredinhos que eu vou ensinar agora.

PRIMEIRO SEGREDO:
Se sua Dendrobium estiver em local de sombra, ela terá mais chance de dar mudas do que flores. Por isso, é aconselhado colocar o vaso em local que pegue sol até às 10h (não ultrapasse esse horário para evitar queimaduras nas folhas).

Se estiver em árvore, retire alguns galhos ou plantas que estejam na frente dela para ficar bem iluminado, mesmo que não pegue esse solzinho direto da manhã, é importante que esteja em local bem iluminado.

SEGUNDO SEGREDO:
Você vai fazer uma preparação, nos meses anteriores a época de floração, para uma forte escassez de água.
O que vamos fazer é criar um ambiente em que a planta acredite que irá morrer devido a diminuição da água.

Toda Dendrobium quando acha que “está nas últimas”, procura um jeito de perpetuar a espécie. Que acontece através da polinização.
Assim, a planta concentrará sua energia em flores.

Ela “sabe”, vamos dizer que essa “sabedoria” é uma herança genética, que quanto mais flores, maiores as chances de atrair insetos que irão cruzá-la com outra orquídea do mesmo gênero. Esses insetos levarão suas políneas a outra planta que irá gerar um ovário com sementes.

Loading...


Essas sementes viajarão com o vento e se encontrarem um ambiente favorável (com boa umidade, aeração, …) poderão germinar e novas filhas irão surgir.
A grosso modo, é isso que acontece.

Bom…
Já entendemos que o segredo é causar um stress na planta com a falta de água.

Mas…
Como fazer?

É importante você saber que se trata de um ano de cuidados para chegar ao ponto da diminuição de rega.
Então vamos lá!

A partir do mês de outubro ou depois que as flores caírem (para os casos das floridas), você deverá molhá-la para garantir sempre a umidade. Se estiver na árvore, faça isso diariamente ou com intervalo de um dia, se estiver em vaso, fique atento para não deixá-lo secar.
Você vai fazer isso até mais ou menos o mês de maio.

Em maio começaremos a preparar a escassez.
Agora vou dividir em dois grupos: Plantadas em árvores e plantadas em vasos.

CUIDADOS NO MÊS DE MAIO

EM ÁRVORES.
Ela recebeu umidade abundante e constante nos meses anteriores, agora em maio, você irá começar a diminuir.
Passe a molhas dia sim, dia não, mas intercalando entre rega normal e borrifar levemente.
EX: Molhou abundantemente na segunda, terça não molha, quarta borrifa levemente água, quinta não molha, sexta molha abundantemente, sábado não molha, domingo borrifa….

EM VASOS:
Nos meses anteriores você manteve uma umidade constante.
Em maio você irá deixar o substrato secar completamente. Quando secar, borrife água levemente para molhar superficialmente, somente dois dias depois, mais ou menos, você irá molhar normalmente.

CUIDADOS NO MÊS DE JUNHO

EM ÁRVORES
Em junho você irá apenas borrifar levemente a água em intervalos de dia sim, dia não ou no máximo a cada dois dias. Nesse mês não deve ser regada com mangueira ou regador, apenas com borrifador.

EM VASOS
Em junho você passará apenas a borrifar água levemente. Possivelmente no dia seguinte o substrato deverá estar completamente seco. Ele deverá ficar assim por dois dias, para então borrifar levemente de novo.

CUIDADOS ENTRE JULHO E SETEMBRO

EM ÁRVORES E EM VASOS
Do início de julho ao final da floração, você deverá apenas borrifar água e somente uma vez na semana.

Lembre-se que é umedecer levemente as raízes e não encharcá-las.
O ideal é escolher um dia para fazer isso e manter a regularidade, ou seja, faça sempre aos sábados ou domingos ou qualquer outro dia que escolher, mas faça sempre no mesmo dia da semana.

Tem pessoas que ainda são mais rigorosas na retirada de umidade, fazem esta escassez ainda mais drástica. Eu uso essa regra e tenho lindas e abundante flores.

COMO SABER SE ESTÁ DANDO CERTO
Entre os meses de junho e junho começaram a aparecer bolinhas nos pseudobulbos, como se fossem brotoejas. Esse é o primeiro sinal de que ela está em dormência para a floração.
Entre o final de julho e meados de setembro ela irá lhe presentear com as flores.

Fonte e Créditos: cynthiablanco.blogspot.com.br

Loading...

Um comentário em “2 Segredos de Como Fazer a Dendrobium Florir?

  • 17/11/2016 a 13:48
    Permalink

    Boa tarde.

    Meus dendrobium têm boa saúde apesar de eu não seguir corretamente o que está descrito acima. Acredito que eu ainda precise diminuir o intervalo de regas pois na minha região a umidade média do ar é muito baixa (< 20% no inverno).
    Apenas para uma melhor orientação, gostaria de saber se o que está escrito vale para o hemisfério sul. Pergunto isso pois já aconteceu de eu receber informações com as "estações trocadas" devido à falta de atenção dos tradutores.
    Parabéns pela sua iniciativa em compartilhar conhecimentos.

    um grande abraço,

    Alexandre Milito

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *